sábado, 22 de outubro de 2016

PARA OS AMIGOS QUE NOS AMAM, MESMO QUE NÃO NOS FALEMOS TODOS OS DIAS...





Obrigada por estar na minha vida, mesmo que minha vida tenha me levado a milhas e milhas de distância de você, eu ainda posso sentir você perto de mim.

Obrigada por sempre me levantar quando estou para baixo, mesmo que você o faça através de chamadas de vídeo e conexão de internet fraca.

Obrigada por ser o mesmo velho amigo com quem cresci, mesmo estando agora casado e com filhos.

Obrigada por quebrar todas as barreiras da distância e do tempo, quando nos encontramos de novo e achar que nada mudou.

Obrigada por me dar uma conexão e uma amizade que vai viver e morrer comigo. Obrigada por ser um exemplo de amizades que duram não importa o que a vida coloca em nosso caminho.

Obrigada por me dar as melhores reuniões e boas-vindas calorosas.

Obrigada por acreditar em mim, mesmo quando não entende o que estou fazendo.

Obrigada por ser o único que ainda cuida de mim quando eu estou uma bagunça.

Obrigada por ainda ser meus parceiro no crime quando nos reunimos, me dando aventuras e histórias malucas em todo o mundo.

Obrigada por viajar para me encontrar no caminho e obrigada por atravessar oceanos para me ver.

Obrigada por me amar, não importam os anos passados e as mudanças vividas.

Obrigada por me permitir mudar, por me permitir crescer e tranquilizar-me de que você vai sempre estar lá, nos bons e maus momentos.

Obrigada por tudo o que você fez e que ainda faz.

Mas, mais do que tudo, obrigada por me fazer sentir segura em saber que não importa para onde a vida me leve, eu posso sempre voltar para você. Eu sempre posso encontrar um lar em você.

Obrigada por não deixar a vida e distância definirem a nossa amizade.

Obrigada por me perdoar por todas as vezes que eu não estava presente e por não ter te abraçado.

E por último, mas não menos importante, obrigada por me salvar de todas as dificuldades, todos os obstáculos, os dias autodestrutivos e as noites autoaversão.

Obrigada por me ajudar a encontrar meu caminho quando eu estou perdida e por abrir a porta para mim quando eu nem sequer bati nela.

______________


Nenhum comentário:

Postar um comentário